Com o final do ano de 2018 se encerrou também o prazo para que os Detran’s de todos os estados brasileiros passem a aplicar as regras para a nova placa do Mercosul.

Mas afinal, quem precisa trocar a placa? Tire suas dúvidas a seguir.

nova placa mercosul
(Detran/Divulgação)

Por que criar uma nova placa?

1 – Segurança nas fronteiras

Com a implementação das novas placas, o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), busca padronizar a identificação dos veículos de todos os países que compõem o Mercosul, o que melhoraria a segurança nas vias das fronteiras.

2 – Infrações de estrangeiros em outros países do Mercosul

Com a nova placa, os agentes de trânsito brasileiros podem punir condutores de outros países que comentam infrações em entradas brasileiras. Antes isso não era possível pela falta de registro destes veículos no Brasil.

3 – Esgotamento das combinações alfanuméricas

Embora a combinação de números e letras utilizadas anteriormente como padrão fosse bastante extensa, ela estava chegando ao fim. Sem uma mudança nas placas, alguns estados do país ficariam sem combinações ainda em Março deste ano.

4 – Maior segurança contra clonagem de veículos

A nova placa do Mercosul possui gravação a laser, efeitos visuais específicos, número de série criptografado e um QR Code, sendo este último item um grande auxiliar na proteção contra a clonagem de veículos.

Segundo o Denatran, o QR Code torna possível o compartilhamento de dados com sistemas de cancelas e portões, que poderão ser utilizados em pedágios e estacionamentos.

Todos os carros já tem que trocar suas placas?

Não. A troca é obrigatória nos casos de primeiro emplacamento, procedimentos de transferência de propriedade e mudança de município ou estado, alteração de categoria, troca de placas danificadas e na reposição de placas perdidas. Os veículos usados terão até 31 de dezembro de 2023 para mudar.

E em carros já emplacados, qual será a sequencia?

A nova placa possui a mesma quantidade de caracteres, com mudanças na quantidade de letras e números. Por isso o padrão adotado para carros já emplacados será substituir o segundo número (da esquerda para a direita) por uma letra de acordo com a tabela abaixo:

0=A
1=B
2=C
3=D
4=E
5=F
6=G
7=H
8=I
9=J

como fica a nova placa do mercosul
(Detran/Divulgação)

 

Fonte das informações: https://www.detran.rs.gov.br/

Fechar